Portfólio

120 registros encontrados

Filtro(s) escolhido(s):
Diagramação

08
Junho
2015

Estilos da Clínica, vol 18 n 2


Trabalho de diagramação, revisão e criação de capa.

Estilos da Clínica é um espaço editorial de natureza interdisciplinar em torno do eixo da psicanálise, voltado à discussão de questões relativas aos problemas de desenvolvimento infantil. Nessa publicação, apresentam-se textos sobre a clínica e a educação na psicose e autismo infantil, sobre a clínica psicopedagógica, o tratamento psicanalítico de crianças, experiências institucionais, sobre fundamentos da teoria psicanalítica e sobre as conexões da psicanálise com outros campos do conhecimento.


08
Junho
2015

Estilos da Clínica, vol 18 n 3


Trabalho de diagramação, revisão e criação de capa.

Estilos da Clínica é um espaço editorial de natureza interdisciplinar em torno do eixo da psicanálise, voltado à discussão de questões relativas aos problemas de desenvolvimento infantil. Nessa publicação, apresentam-se textos sobre a clínica e a educação na psicose e autismo infantil, sobre a clínica psicopedagógica, o tratamento psicanalítico de crianças, experiências institucionais, sobre fundamentos da teoria psicanalítica e sobre as conexões da psicanálise com outros campos do conhecimento.


02
Junho
2015

e-Boca Livre


Já conhecido por um estilo polemista e provocativo, o sociólogo Carlos Alberto Dória, autor de vários livros sobre história e cultura culinária, nesse e-Boca Livre a sua visão sobre como a culinária e a gastronomia estão misturadas no cotidiano da vida. A perspectiva do distanciamento do dia a dia permite a reflexão do leitor a partir das coisas mais simples – o consumo de leite condensado, o excesso de açúcar, a descoberta de novas sabores e ingredientes – até os rumos imaginados da “nova gastronomia brasileira” em processo de formação.

Dória se debruça sobre assuntos abordados na imprensa diária, sobre os bastidores dos restaurantes mais destacados, os rumos da indústria da alimentação e os seus “escândalos” que vez por outra vêm à tona, bem como sobre hábitos arraigados de nossa cultura ou o “espanto” diante de inovações à mesa. Tudo tem o sentido de orientar o leitor que, entre uma garfada e outra, às vezes come coisas prazerosas, mas em outras indigestas para o corpo e a mente. O sentido das crônicas reunidas aqui é propiciar, então, um “comer com consciência”, sem automatismos de qualquer tipo, de modo a percebermos como os gestos à mesa nos vinculam às pessoas próximas e também às ações mais distante no enorme território do comer; território onde, além de encontrarmos nossa “identidade”, corremos o risco constante de nos perdermos.

 

 


01
Junho
2015

Revista TCMRJ nº 61


Serviço de diagramação, projeto gráfico e capa da Revista do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, um canal de comunicação do órgão com a população de sua cidade.


14
Maio
2015

Experiência do outro, estranhamento de si


Em Experiência do outro, estranhamento de si - Dimensões da alteridade em Antropologia e Psicanálise, Maurício Rodrigues de Souza explora os diálogos entre antropologia e psicanálise, destacando a importância da alteridade na constituição do conhecimento, tanto proveniente da experiência de campo quanto da clínica. Percorre a história da antropologia e seus métodos para investigar as relações possíveis entre pesquisador e “objeto”, frequentemente colocadas em termos de os “de dentro” e os “de fora”, e para pensar então a oposição entre si e outro da qual se ocupa a psicanálise. Instigado pelo “mal-estar” na antropologia, fruto do pós-modernismo etnográfico, o autor aponta as contribuições da psicanálise freudiana no entendimento da subjetividade presente no fazer desses saberes. Trata-se de um estudo situado no campo epistemológico que identifica a aproximação entre as duas disciplinas, especialmente no campo da ética.

 

 


« Anterior  005|006|007|008|009 Próximo »