Portfólio

4 registros encontrados

Filtro(s) escolhido(s):
Edições Tapioca
Edição

02
Junho
2015

e-Boca Livre


Já conhecido por um estilo polemista e provocativo, o sociólogo Carlos Alberto Dória, autor de vários livros sobre história e cultura culinária, nesse e-Boca Livre a sua visão sobre como a culinária e a gastronomia estão misturadas no cotidiano da vida. A perspectiva do distanciamento do dia a dia permite a reflexão do leitor a partir das coisas mais simples – o consumo de leite condensado, o excesso de açúcar, a descoberta de novas sabores e ingredientes – até os rumos imaginados da “nova gastronomia brasileira” em processo de formação.

Dória se debruça sobre assuntos abordados na imprensa diária, sobre os bastidores dos restaurantes mais destacados, os rumos da indústria da alimentação e os seus “escândalos” que vez por outra vêm à tona, bem como sobre hábitos arraigados de nossa cultura ou o “espanto” diante de inovações à mesa. Tudo tem o sentido de orientar o leitor que, entre uma garfada e outra, às vezes come coisas prazerosas, mas em outras indigestas para o corpo e a mente. O sentido das crônicas reunidas aqui é propiciar, então, um “comer com consciência”, sem automatismos de qualquer tipo, de modo a percebermos como os gestos à mesa nos vinculam às pessoas próximas e também às ações mais distante no enorme território do comer; território onde, além de encontrarmos nossa “identidade”, corremos o risco constante de nos perdermos.

 

 


12
Dezembro
2014

Doce Vida em Paris


Uma narrativa das aventuras gastronômicas (com receitas) de David Lebovitz, chef de pâtisseries e autor de livros de culinária, na Cidade Luz - Doce Vida em Paris é uma visão divertida e irreverente dos queijos, chocolates e outras iguarias parisienses.

Desde seu aprendizado das regras de ferro da conduta social até o mistério dos calçados masculinos, passando por donos de loja que dão duro para não lhe venderem nada e pela etiqueta de como lidar corretamente com um prato de queijo, este livro conta a história de como David se apaixonou - e até mesmo compreendeu - essa gloriosa, embora às vezes enlouquecedora, cidade.

Quando ele reparou que metamorfoseara-se em un vrai parisien? Talvez quando encontrou-se considerando comprar meias masculinas decoradas com personagens de desenhos animados. Ou talvez quando foi ao banco com 135 euros para pagar uma conta de 134 e achou completamente normal quando o banco disse que não tinha troco. Ou quando se arrumou todo para levar o lixo para rua, porque aceitou o fato que em Paris aparências e imagem são tudo.

O livro ainda conta com mais de 50 receitas originais, que mandarão os leitores correndo para a cozinha quando pararem de rir.

 


25
Outubro
2012

Extravirgindade: o sublime e escandaloso mundo do azeite de oliva


Produção editorial para a Edições Tapioca.

A história sagrada e o presente profano de uma substância há muito vista como a essência de saúde e civilização.

Por milênios, o azeite de oliva fresco foi uma das necessidades vitais do homem – não apenas como comida, mas também como medicamento, cosmético e elemento fundamental de rituais religiosos. Pesquisadores continuam confirmando as propriedades incríveis e revigorantes do verdadeiro extravirgem, e o “extravirgem italiano” tornou-se o mais alto padrão de qualidade.

Mas e se este símbolo de pureza foi profundamente corrompido? Desde um explosivo artigo em The New Yorker, Tom Mueller transformou-se no maior especialista mundial em azeite de oliva e em fraudes neste segmento – uma história de globalização, ilusões e crime na indústria alimentícia que vem de tempos remotos até os dias de hoje e uma poderosa acusação às leis atuais de proteção contra alimentos falsos e até mesmo tóxicos nos Estados Unidos.

Com uma narrativa rica e deliciosa de ser lida, Extravirgindade é também um relato inspirador de produtores artesanais, analistas químicos, chefs e ativistas da alimentação defendendo os extraordinários azeites que realmente merecem o nome “extravirgem”.


13
Agosto
2012

Gaia, o lado oculto das plantas - tubérculos, rizomas, raízes e bulbos


Edição de livro para a Edições Tapioca.

Dos segredos de Gaia à divulgação da botânica.

De Gaia, o homem recebeu todos os alimentos de que precisava, menos os que ela manteve em segredo, isto é, os que escondeu dentro do solo.

Os segredos desvendados de Gaia e sua importância para a sobrevivência do homem, assim como para a organização social e o desenvolvimento da civilização, estão aqui neste texto, apresentados de maneira acessível e ensaística, sem deixar de lado o rigor científico.
Este foi o intuito do autor – renomado pesquisador e experiente professor: divulgar conhecimentos botânicos para os não iniciados nesta área do saber. Em particular, o texto é voltado a todos aqueles ligados, de uma maneira ou de outra, à cadeia da alimentação, sejam eles historiadores, antropólogos, críticos de gastronomia, sociólogos, nutricionistas, ambientalistas, agrônomos, chefs de cozinha ou simplesmente apreciadores da arte do bem comer, para quem o prazer do conhecimento antecipa e prolonga o prazer da degustação.
Os profissionais da cozinha começam a dar valor à abordagem científica de seu ofício em áreas até há pouco tempo desconsideradas, como, por exemplo, a química ou a antropologia. A botânica ainda não teve seu devido reconhecimento nesse campo, e é essa a contribuição de Gil Felippe: fazer que sua referência vá além da floricultura da esquina onde encontramos as flores que enfeitam nossas mesas.


«  Anterior  001 Próximo   »